Diferenças entre edições de "O uso de máscara na prevenção da COVID-19"

(Criou página com: '{{Artigos |Autor=Ana Teixeira, João Bastos, João Silva, Mafalda Silva, Maria João Barbosa, Mariana Caldeira, Mariana Vilela, Marlene Teixeira, Natália Pacheco, Patrícia...')
 
(Sem diferenças)

Edição atual desde as 02h54min de 31 de dezembro de 2020

Autor: Ana Teixeira, João Bastos, João Silva, Mafalda Silva, Maria João Barbosa, Mariana Caldeira, Mariana Vilela, Marlene Teixeira, Natália Pacheco, Patrícia Malheiro, Tiago Morais

Última atualização: 2020/12/30

Palavras-chave: Máscara, COVID-19; SARS-CoV-2;



Resumo


Desde dezembro de 2019 que o mundo atravessa a pandemia Covid-19, alterando os hábitos da população.
A evidência científica atual demonstra que o vírus SARS-CoV-2 propaga-se de forma direta pela dispersão de gotículas respiratórias quando um infetado tosse/espirra ou fala e são captadas por outrem, ou indireta pelo contacto com objetos ou superfícies contaminados e posterior contacto com olhos, nariz ou boca.
O European Centre for Disease Prevention and Control recomenda o uso de máscara para conter a emissão de gotículas respiratórias potencialmente contaminadas e diminuir a sua dispersão.
É também fundamental um correto manuseamento da máscara.




O uso de máscara na prevenção da COVID-19


A importância do uso da máscara




Que máscara devo utilizar?




Como manusear a máscara?




Como descartar a máscara?




A máscara altera as trocas gasosas?




Outras dúvidas frequentes sobre a máscara




Juntos vamos controlar a pandemia COVID-19




Conclusão


As medidas de contenção são fundamentais para lidar com a transmissão do vírus e prevenir a doença.


Referências recomendadas




Alt text Alt text Alt text Alt text Alt text

Banner.jpg